fbpx Modelação tridimensional e ambiente urbano | ULisboa

Modelação tridimensional e ambiente urbano

Modelação tridimensional e ambiente urbano

Categoria 
Território, Urbanismo, Arquitetura
Nível 
Formação / Complemento Especializado
Unidade Orgânica 
Instituto de Geografia e Ordenamento do Território
Campus 
Cidade Universitária
Professor Responsável 
António Saraiva Lopes
ECTS 
3
Duração 
Trimestral
Ano / Semestre 
  • 2022/2023
  • 1º Semestre
Idioma de Lecionação 
PT
Regime 
Blended-learning (formação à distância/ensino presencial)
Estado 
1ª Edição
Início da Candidatura 
04/07/2022
Início do Curso 
24/10/2022
Sumário 

OBJETIVOS:
Compreender a complexidade do ambiente urbano e a importância das suas dimensões (ambiente, biodiversidade, economia, qualidade de vida, etc.). Trabalhar com software de modelação tridimensional e integrar a informação num SIG.
TÓPICOS PROGRAMÁTICOS:
I. Ecologia Urbana, sustentabilidade e qualidade de vida. O modelo metabólico de ecologia urbana. Biodiversidade e espaços verdes. A perspetiva económica das “cidades verdes”: crescimento urbano e ambiente. Os ecossistemas urbanos e o Ordenamento do Território.
II. Os bioclimas urbanos. Modificações do balanço energético. Modificações dos campos de vento na cidade. A poluição atmosférica: tipos de poluentes, fontes e fatores atmosféricos condicionantes. Conforto térmico e mecânico nos espaços construídos.
III. Modelação do ambiente físico urbano: tipos de modelos e complexidade dos modelos tridimensionais.

Observações 
Condições Especiais: Alumni IGOT – estudantes titulares de licenciatura, mestrado ou doutoramento pelo IGOT. 25% de desconto no valor da propina Parceiros IGOT – entidades que suportem a totalidade da propina dos seus colaboradores – até 4 inscrições: 10% de desconto no valor da propina e isenção da taxa de candidatura – 5 ou mais inscrições: 20% de desconto no valor da propina e isenção da taxa de candidatura

Acesso

Vagas 
40
Custo 
150€
Condições de Acesso 
a) Titulares de grau de licenciado ou equivalente legal nas áreas das ciências do território, ciências do ambiente, ciências sociais, arquitetura, engenharia civil, e outras áreas afins; b) Titulares de grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo nas áreas acima indicadas; c) Titulares de um grau académico superior estrangeiro, nas áreas acima indicadas, que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico do IGOT; d) Detentores de um currículo escolar, científico e/ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para realização do curso pelo Conselho Científico do IGOT.